BLOG
Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider
Psicoterapia Infantil
Saiba mais sobre Psicoterapia Infantil
Conceito e Definição de Psicoterapia
Saiba mais sobre o conceito de Psicoterapia
A terapia comportamental: um histórico
Saiba mais sobre terapia comportamental
Liderança 5 qualidades do líder moderno
Conheça as qualidades do líder moderno

Pesquisa revela as dores que os brasileiros mais sentem

A psicóloga Paula Emerick acrescenta que o ditado “mente sã, corpo são” tem embasamento científico.

— Há relações entre emoções e doenças físicas. Se a situação não for verificada, pode se agravar. Sugere-se que se exercite, alimente-se bem e tenha relações saudáveis. Horas em boas companhias são maneiras de garantir qualidade de vida — opina Paula.

O estresse decorrente da vida corrida, do excesso de trabalho e de estudos causa dores físicas. Isso é o que indica pesquisa realizada pelo Ibope Conecta em parceria com a Advil. No estudo, que mostra as dores que os brasileiros mais sentem, a dor de cabeça é apontada por 78% dos entrevistados como a que tiveram pelo menos uma vez nos últimos três meses. Em seguida, 63% relatam dor nas costas e 61% dores musculares em outras partes do corpo. O levantamento traz ainda as causas e como as dores influenciam o dia a dia.

— O estresse emocional é o principal fator para o aparecimento ou o agravamento das dores. Outra situação é quando tensionamos os músculos por muito tempo, permanecendo em postura inadequada. A má postura ocorre na ergonomia de trabalho, na posição em que se fica para digitar, no uso frequente e contínuo de celular — enumera Silvio Figueira Antonio, presidente da Comissão de Coluna Vertebral da Associação Brasileira de Reumatologia.

Ele afirma que quando as dores aparecem com frequência e impossibilitam atividades cotidianas, deve-se procurar um médico.

— A dor é um sintoma desagradável que a pessoa quer abolir o mais rápido possível. Mas a automedicação não deve ser estimulada. Dores não acompanhadas de outros sintomas (como febre ou perda de peso) podem se resolver espontaneamente, sem medicamento. Às vezes, só o repouso pode aliviar — diz o médico.

A psicóloga Paula Emerick acrescenta que o ditado “mente sã, corpo são” tem embasamento científico.

— Há relações entre emoções e doenças físicas. Se a situação não for verificada, pode se agravar. Sugere-se que se exercite, alimente-se bem e tenha relações saudáveis. Horas em boas companhias são maneiras de garantir qualidade de vida — opina Paula.

Extra

Todos os Direitos Reservados | Solace Institute

Desenvolvido por Tec Software | YourSite