BLOG
Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider
Psicoterapia Infantil
Saiba mais sobre Psicoterapia Infantil
Conceito e Definição de Psicoterapia
Saiba mais sobre o conceito de Psicoterapia
A terapia comportamental: um histórico
Saiba mais sobre terapia comportamental
Liderança 5 qualidades do líder moderno
Conheça as qualidades do líder moderno

Tirar férias do Facebook aumenta a satisfação com a vida, afirma pesquisador.

A psicóloga e fundadora da Solace Institute Paula Emerick explica que o uso em excesso das redes sociais pode trazer danos físicos e mentais, além de alterar também o comportamento

Os 78 milhões de brasileiros que, diariamente, estão conectados no Facebook devem ficar mais atentos. Isso porque, segundo uma pesquisa da Universidade de Copenhague, na Dinamarca, o uso da rede social deixa as pessoas mais tristes, afetando negativamente o bem-estar dos usuários.

O estudo — uma tese de mestrado do pesquisador Morten Tromholt — contou com 1.095 participantes. Metade deles tiraram férias do Facebook durante uma semana. O resultado foi que estas pessoas apresentaram níveis mais altos de satisfação com a vida e emoções positivas do que os integrantes do grupo que continuou conectado.

 

A psicóloga e fundadora da Solace Institute Paula Emerick explica que o uso em excesso das redes sociais pode trazer danos físicos e mentais, além de alterar também o comportamento:

— A maioria das postagens são de coisas boas da vida como viagens, conquistas e muitos amigos ao redor. Quem vê acha que a pessoa vive aquilo 24h por dia. Quando isso é comparado com a própria vida, vem o sofrimento, que é acompanhado de danos psicológicos.

A solução, segundo o psicólogo Edson Sampaio, é o equilíbrio:

— Deve-se andar no caminho do meio. Não dá para ficar alienado. É uma realidade social que encurta distâncias e facilita a comunicação.

Dos participantes que ficaram desconectados, 88% relataram que estavam mais felizes e 84% disseram que curtiam a vida, contra 81% e 75%, respectivamente.

Quando analisados sentimentos negativos, 34% dos integrantes que permaneceram no Facebook disseram que estavam tristes e 25% que se sentiam sozinhos. Por outro lado, no grupo que se ausentou, os percentuais correspondem a 22% e 16%.

Leia mais...

Todos os Direitos Reservados | Solace Institute

Desenvolvido por Tec Software | YourSite