BLOG

4 Desculpas que Você Dá para Não Começar a Terapia

 

Por incrível que pareça, em pleno século 21 ainda percebemos um grande estigma sobre a questão da Psicoterapia. A visão coletiva deste tipo de intervenção ser exclusiva para casos extremos é muito prejudicial para a saúde mental da população que, via de regra, espera os problemas se intensificarem demasiadamente para procurar ajuda. Conheça as principais desculpas usadas para adiar esse passo, e veja se se identifica com alguma:

 

#1 – Eu consigo lidar com isso

                Na ânsia de provar o valor social da independência, muitas pessoas sofrem sozinhas por acreditarem que pedir ajuda é um sinal de fraqueza.

Por que não faz sentido:

Ninguém tenta aguentar diabetes, pneumonia ou uma lesão muscular sem procurar um médico, não é mesmo? Por que seria diferente com a saúde mental? Na verdade, um pode ajudar a evitar o outro: existem diversas doenças psicossomáticas, isto é, que se desenvolvem a partir do dano psíquico do paciente. Por este e outros motivos é fundamental entender que existe o Psicólogo para lhe ajudar a cuidar da sua mente e manter o equilíbrio emocional assim como existem outros profissionais para outras demandas da sua saúde física.

 

#2 – Vão dizer que sou louco

                A preocupação demasiada com a imagem e com as impressões da sociedade sobre o comportamento traz imenso sofrimento para muitas pessoas, que adiam não apenas a busca pela Psicoterapia, mas também seus sonhos e desejos, em uma busca constante por aprovação.

Por que não faz sentido:

Se preocupar demais com a opinião alheia já é um excelente motivo para fazer Psicoterapia. A ajuda profissional irá lhe ajudar a considerar mais sua própria opinião, e entender os motivos de você ter um desejo tão grande de agradar as pessoas. Esse entendimento irá lhe ajudar a melhorar sua autoestima e autoconfiança, o que terá um impacto muito positivo sobre sua vida em todos os aspectos.

 

#3 – Não tenho tempo

                Essa é a desculpa do século. Enterrados em agendas lotadas e demandas constantemente renovadas em uma sociedade que não para, nos vemos realmente acreditando que não sobra tempo para cuidar de nós mesmos.

Por que não faz sentido:

Existem algumas respostas para essa questão, desde organização de tempo até os possíveis motivos emocionais para priorizar outras coisas em detrimento de si mesmo. Mas vamos usar um argumento mais simples: quanto mais organizada e tranquila sua mente estiver, mais produtivo você se torna e, portanto, seu tempo tende a render mais.

 

#4 – A prioridade agora não sou eu

Existem pessoas que adiam a busca por um acompanhamento Psicológico no intuito de “ajudar” familiares, cônjuges ou até amigos próximos.

Por que não faz sentido:

A questão aqui é simples: cada um dá aquilo que tem. Se você se sente psicologicamente instável e precisando de auxílio, você não está, necessariamente, apto (a) a ajudar outras pessoas. A sobrecarga só tende a acumular no decorrer do tempo e o sofrimento tende a se agravar. Desta forma ninguém sai ganhando: nem você nem a pessoa que deseja ajudar.

 

Não se contente com bom se você pode ter ótimo!

Priorize-se, cuide-se, invista em você. Não confunda amor próprio com egoísmo. Bem ajustada, uma pessoa reflete seu equilíbrio em todas as áreas e faz bem a quem estiver a sua volta!

 

PODEMOS TE AJUDAR!

Temos um time de Psicólogos de diversas especializações que atendem diversas faixas etárias para lhe auxiliar em sua busca por crescimento e autoconhecimento. Agenda uma entrevista e dê esse passo rumo à sua maturidade emocional!

Todos os Direitos Reservados | Solace Institute

Desenvolvido por Tec Software | YourSite